terça-feira, 9 de setembro de 2014

Resenha da Jé - O Leitor!

   Oi pessoal!

   Mais uma terça e mais uma resenha da Jé por aqui!


O LEITOR – BERNHARD SCHLINK

 

Olá, meus amigos, como foi a semana de vocês?

Fico muito feliz quando alguns de vocês me procuram, me perguntando sobre os livros da resenha, ou quando se identificam com alguma delas. Faço todas elas com muito carinho, na esperança de sempre tocar o coração daquele que as lê!

Bom, o livro de hoje já esteve entre os meus preferidos, e é daquele tipo que tem um lugar especial na minha estante, pois sempre quando tenho uma folga acabo relendo-o pela milésima vez.

Apesar de ter a linguagem bem simples, com quase nenhum termo rebuscado ou referência complexa, esta foi a história de amor mais profunda que já li.

A narrativa acontece pouco após a Segunda Guerra Mundial, em que um jovem e uma mulher com o dobro de sua idade se apaixonam, vivendo um romance conflituoso. Até aí, “O Leitor” não traz nada que já não seja tema batido em filmes Americanos e livros de romance.

Mas o livro que lhes trago, apesar de não ter tal pretensão, carrega consigo uma grande lição sobre o amor. Pois nele, nos deparamos com a consequência de um sentimento humano que persiste em adentrar a maioria das relações amorosas, que é o orgulho.

A personagem principal desta história irá se envolver em inúmeras situações prejudiciais por não ter coragem de assumir um grande segredo seu, que, para ela, era algo de grande humilhação.

E, em contrapartida, também nos deparamos com o poder do perdão, e da vontade daquele que ama em resgatar a pessoa para junto de si, não importando o que acontecera antes.

Acho que o que me encantou neste livro foi pensar que mesmo fictício tal enredo, é bem provável que algo de tal natureza tenha acontecido. E mesmo sem qualquer tipo de Guerra Mundial nos dias atuais, sem qualquer relação história com a época do livro, tais relacionamentos continuam a existir.

Sempre tento buscar na leitura algo que me acrescente não só de forma intelectual, mas,que principalmente, me ajude a compreender melhor os caminhos da vida (e do homem) e que me traga alguma lição para incorpora-la a minha rotina.

“O Leitor” com certeza trouxe para mim uma grande vontade de falar e expressar meus sentimentos, de olhar o lado do outro antes de julgá-lo, e também, como todo e qualquer livro, me trouxe uma enorme vontade começar uma nova história.




Para aqueles que não gostam muito de ler, fica aqui embaixo o trailer do filme baseado no livro (que é tão bom quanto!).


Boa semana a todos, espero que gostem!

Beijos,
Jeje.




   Eu já assisti o filme e adorei, super indico também! =)

   Um beijo e até a próxima resenha!

2 comentários:

  1. O filme é maravilhoso e comovente, não conheço o livro e agora fiquei curiosa pra ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela!! O filme é maravilhoso mesmo, também fiquei curiosa para ler o livro!! Se você chegar a ler me conta por aqui o que achou =) Beijos!

      Excluir