terça-feira, 15 de julho de 2014

Resenha da Jé - 3096 dias

   Oi pessoal!

   Terça-feira, dia de mais uma resenha da nossa colaboradora Jé Nega, eba!! Esperamos que gostem!


3096 DIAS – NATASCHA KAMPUSCH

Reprodução internet


Olá, amigos! Gostaram do livro/filme da semana passada?

Para esta semana trouxe um livro com teor um pouco diferente do das últimas semanas.

“3096 dias” conta a história de NataschaKampusch, a garota austríaca que foi sequestrada aos 10 anos de idade e só conseguiu sair do cativeiro 3096 dias depois, aos 18.

O livro, em que a própria Natascha narra sua história, é composto basicamente de duas partes: a primeira, contando como foi sua infância antes do sequestro, e a segunda, da sua vida em cativeiro.

Esta foi uma das autobiografias mais marcantes que já li, pois nele Natascha relata, com detalhes, os desafios físicos e psicológicos que passou durante os oito anos de sequestro. Ali, passou fome, frio, calor, sentiu saudade, desespero, tentou suicídio,sofreu infinitos abusos sexuais, e, por fim, criou um laço psíquico tão forte com o sequestrador que passou a amá-lo.

Para os amantes de psicologia, esta é uma perfeita história de uma pessoa que adquire a “Síndrome do Estolcomo”.

Assim como o livro “O Amante”, “3096 dias” também tem um filme, como vocês verão no trailer abaixo. Entretanto, diferentemente do livro o “O Amante”, o filme, apesar de excelente, não substitui a leitura do livro, pois esta, além de mais completa, mostra claramente ao leitor a força de pensamento que teve esta mulher, que desde o primeiro dia de cativeiro colocou em sua cabeça que quando fosse maior de idade, ou seja, quando completasse os 18 anos, teria força para sair dali. E assim o fez.

Boa leitura e bom filme pessoal! Até semana que vem!



Reprodução internet



Youtube


O Blog da Nega



   Um beijo e até a próxima terça! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário